A discussão do Impeachment foi tão intensa que o andamento de alguns temas de grande relevância nacional ficaram em segundo plano nos últimos meses, sendo a regulamentação da atividade de bingo no Brasil um de seus maiores exemplos. Ao alvorecer da crise econômica, comentou-se no Executivo a intenção da legalização como forma de aumentar as receitas do país e assim minimizar os efeitos da gestão desastrosa no PT. Entretanto, com os últimos acontecimentos, o tema parece ter saído de pauta. Agora, com o afastamento concretizado, nos perguntamos como o governo Temer irá tratar a questão.

Apesar deste ser um terreno repleto de incertezas, algumas pistas ficaram pelo caminho. O PMDB, partido de Temer, por meio de seus representantes, algumas vezes se demonstrou favorável a regulamentação. Ponto para os Bingos. Da mesma forma, está claro que o país segue necessitando fechar as contas, que mais do que nunca estão no vermelho, e que o novo governo sinaliza um movimento contrário a CPMF, instrumento que traria uma receita simples e imediata. Ou seja, outras opções arrecadatórias terão que ser trazidas à mesa, como a regulamentação do jogo.

Nem mesmo a opinião pública parece mais ser um impecílio para a aprovação da legalização dos jogos. Em pesquisas recentes, é notável um aumento crescente no apoio da população a volta do jogo legal.

O que sim segue sendo o principal entrave é a bancada evangélica da Câmara. Numerosa e majoritariamente contrária ao retorno dos Bingos em território nacional, os votos destes deputados seguem a linha conservadora em todos os temas polêmicos do parlamento.

Este blog entende que as perspectivas para a regulamentação dos Bingos a médio prazo são boas, para não dizer inevitáveis. Como acabamos de comprovar com o afastamento de Dilma, o poder civil e as necessidades econômicas ditam as mudanças neste país, e estes dois fatores trabalham neste momento a favor dos Bingos. O presidente interino Michel Temer deve trabalhar em uma agenda que movimente a economia mas mantenha o apoio popular, e a regulamentação do jogo se encaixa perfeitamente neste quebra-cabeça.